Notícias dos Programas Ambientais

DNIT supervisiona ações de reposição florestal nas obras da BR-116/RS

As áreas de apoio – canteiros de obra e jazidas de extração mineral – utilizadas em razão das obras de duplicação da BR-116/RS, entre Guaíba e Pelotas, recebem ações para mitigar os impactos sobre os meios físico, biótico e social. As construtoras executam um plano de recuperação e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio da Gestão Ambiental (STE S.A.), supervisiona o cumprimento das condicionantes determinadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA). Entre as atividades de recuperação desenvolvidas nestes locais está o plantio de mudas para repor a eventual supressão de vegetação efetuada no local.

Leia mais...

Cuidados com o Aedes aegypti devem continuar no inverno

A chegada dos períodos mais frios do ano não é desculpa para diminuir as medidas de combate ao Aedes aegypti. As temperaturas mais baixas fazem com que a circulação do mosquito reduza, mas os ovos podem resistir e eclodir assim que o tempo se tornar mais favorável. O trabalho de educação ambiental desenvolvido pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) nas obras de duplicação da BR-116/RS, de Guaíba a Pelotas, auxilia a manter a população alerta e informada sobre os cuidados para o controle permanente do vetor.

Leia mais...

Boletim da BR-116/RS é distribuído entre Guaíba e Pelotas

A 14ª edição do Boletim de notícias da BR-116/RS está sendo distribuída em diferentes locais entre os municípios de Guaíba e Pelotas. No material, referente ao primeiro trimestre de 2016, constam as últimas novidades das obras de duplicação da rodovia e dos Programas Ambientais executados no empreendimento. A produção do material é uma iniciativa do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio da Gestão Ambiental (STE S.A.), e visa manter a população informada a respeito das atividades realizadas na região.

Leia mais...

DNIT monitora efeitos da poluição sonora

A 22ª campanha do Programa de Monitoramento de Ruídos ocorreu nos dias 19 e 20 de abril com o objetivo de controlar os níveis de poluição sonora oriundos das obras de duplicação da BR-116/RS. As amostragens realizadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio da Gestão Ambiental (STE S.A.), acontecem a cada dois meses e analisam pontos descritos no Plano Básico Ambiental (PBA) ou definidos pela equipe de acordo com o deslocamento das frentes de obra.


Leia mais...